Meu Deus eu Creio, Adoro, Espero e Amo-Vos. Peço-Vos perdão para todos aqueles que não creem, não adoram, não esperam e não Vos amam.

Translate

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Translate Formação Católica

09 novembro 2016

TRÍDUO A SÃO JOSÉ POR UM ENFERMO



Tríduo por um enfermo.

I.

As enfermidades entram muitas vezes nos adoráveis planos da sabedoria divina. Sob a violência de seus golpes, o homem entra mais facilmente em si, e considera, que é pó, e que ao pó um dia tornará; e então aprende melhor a desprender-se dos precários bens deste mundo, onde tudo é vaidade e inquietação.

Glorioso Patriarca São José, fazei que o pobre enfermo por quem vos rogamos, compreenda bem e pratique esta grande verdade que por vossa intercessão alcance de Deus a graça da saúde, afim de que, socorrido por vós, diga com reconheci-mento: Servirei sempre a Deus que é tão bom e tão poderoso.

Padre Nosso, Ave Maria e Gloria Patri.

II.

As enfermidades nos revelam traços eloquentes da misericórdia divina. Quantas vezes entre os males do corpo, dissipa-se ante nosso espírito a nuvem que esconde os males da alma!
Oh! Como nessas horas o coração se torna sensível as exprobrações da consciência, dócil às inspirações do Céu, e decidido à prática das virtudes cristã.

Glorioso São José, fazei que o enfermo por quem vos rogamos, deteste eficazmente suas faltas, corrija seus defeitos, e seja para sempre fiel aos seus deveres. Que ao mesmo tempo vosso poderoso patrocíniorestitua-lhe a saúde, afim de que, con­tente e reconhecido, ele proteste: Invocarei sempre a São José que tudo pode com a sua intercessão.

Padre Nosso, Ave Maria e Gloria Patri.

III.

As enfermidades são sempre acompanhadas dos cuidados da bondade Divina. Aquele que sabe amar, também corrige e castiga; E a mão que bate, é muitas vezes a de um pai extremoso. Convencidos de que o Senhor nunca lhes tira o amor, os Santos sofrem as enfermidades não só com paciência e resignação, mas até com alegria e entre ações de graças; e assim suas almas purificam-se, como o ouro no cadinho, e fazem progressos na perfeição e na santidade.

Glorioso S. José,fazei, que o enfermo por quem Vos rogamos, aproveite-se de seus. sofrimentos para adquirir maiores méritos, para santificar-se cada dia mais e para melhor satisfazer a justiça divina.

Mas, fazendo-o progredir na virtude, obtende-lhe a cura que ele espera de quem dá a morte, mas também vivifica; e que não permita o Senhor Omnipotente sejam continuas e sem termo as tribulações; quando as alegrias e consolações não o são.

Lembrai-Vos, ó grande Santo, de que tendes em vossos braços o Menino Jesus, e vede que, ainda quando parece dormir ao vosso peito, seu coração vela e escuta as vossas orações. Sim, nós sabemos todos para nossa viva consolação, que o vosso valimento é poderosíssimo, porque as súplicas que dirigirdes ao Filho de Deus, são irresistíveis para aquele que vos elegeu seu Pai adotivo.

Padre Nosso, Ave Maria e Gloria Patri.

V. Rogai por nós, bem-aventurado São José
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oração.
Senhor, Deus Omnipotente, salvação eterna dos que creem e confiam em Vós, socorrei ao vosso servo enfermo, em favor de quem imploramos a mediação do ín­clito São José, de modo que, recobrando a saúde e a paz, ele Vos renda continuas graças, e Vos sirva fielmente no grêmio da Igreja. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário